Saiba como planejar sua cirurgia plástica

Saiba como planejar sua cirurgia plástica

Estar bem preparado para a realização da cirurgia plástica é crucial para obter o resultado tão desejado. Vários aspectos da nossa vida devem ser levados em conta nesse período, como nossas condições psicológicas e nutricionais, nosso estado de saúde, hábitos deletérios como o tabagismo, o controle rigoroso de doenças pré- existentes e a possibilidade de tirar um período de folga para o repouso e a recuperação no pós-operatório. É importante entender que o paciente é tão responsável pelo resultado cirúrgico quanto o cirurgião. Qualquer desvio nas recomendações, pode levar à perda desse resultado e à insatisfação do paciente.

Preparação psicológica

O preparo psicológico para a cirurgia plástica deve ser iniciado a partir das primeiras informações que o paciente recebe do médico. Explicamos a importância de entender que alguns sacrifícios são necessários para atingir o resultado esperado. É preciso estarmos prontos para tolerar alguns desconfortos, como os períodos de restrição de atividades e o tempo de espera até a saída do inchaço e a beleza do resultado final.

Nutrição

O preparo nutricional é fundamental para uma boa recuperação cirúrgica. O paciente deve ser orientado de perto pelo cirurgião plástico e acompanhado por um nutricionista especializado. Deficiências nutricionais pioram a cicatrização, facilitam a abertura de pontos e o alargamento das cicatrizes.

Check up

O estado de saúde do paciente é avaliado nas consultas pré-operatórias, nos exames de rotina e na consulta com o anestesista. Em alguns casos, é necessária também uma avaliação aprofundada feita pelo cardiologista, ou até mesmo por um médico de outra especialidade, caso o paciente seja portador de alguma doença. É extremamente importante que todas as doenças pré-existentes estejam rigorosamente controladas. Por exemplo, o diabetes dificulta a cicatrização e a pressão alta facilita os sangramentos pós-operatórios. Esse controle rigoroso previne problemas e facilita de forma significativa a recuperação.

Hábitos saudáveis

O cigarro é um grande vilão na cirurgia plástica. Gera vários efeitos colaterais, causando um grande prejuízo na cicatrização (com abertura de pontos e alargamento da cicatriz). Aumenta ainda o risco de necrose em áreas operadas e pode ser causador da trombose venosa profunda, tão temida por nós cirurgiões plásticos.

Tempo para se recuperar

Planeje bem os dias de folga no trabalho ou nos afazeres diários para respeitar rigorosamente o período de recuperação. Muito já se passou e o resultado final está tão próximo! Seguir à risca as recomendações é muito importante para evitar problemas. Mas, atenção, repouso não significa permanecer deitado na cama. Isso promove um aumento grande no risco de pneumonia e trombose. É necessário manter-se em atividade leve nesse período, levando em conta que cada tipo de cirurgia pede restrições específicas.

Quer planejar a sua cirurgia plástica? Agende sua consulta com o Dr. Bruno Beraldi! E lembre-se: CIRURGIA PLÁSTICA SEGURA É COM O CIRURGIÃO PLÁSTICO.